sábado, 13 de março de 2010

Quem conta um conto ... Part 2

             Mulheres são bichos gatos mesmo , não ??? Vão se chegando de mansinho em nossas vidas com pequenos olhares lascivos , ingenuamente calculados , jogados ao ar . E quando nos damos conta já estão em nosso colo sendo mimadas e acarinhadas. Ah , e como isto é uma armadilha para nós , pois o cabelo é macio , a pele é sedosa , doce é o cheiro e dengoso o olhar. Quanto mais se agrada mais se quer  agradar . E nos tornamos escravos desde o momento desse primeiro olhar. 
             Mas assim como se chegam  também podem partir .Com um ar de satisfeitas vão.De repente param olham para trás, antes de continuar, como se falassem. Talvez eu volte !
             Era assim que imaginava a Rosto de Desejo, não só como imaginava, mas como eu a via. Sim , a vi muitas vezes ainda, no mesmo ônibus, no mesmo horário daquele primeiro olhar. As vezes ela não aparecia e meu coração se angustiava. As vezes eu não ia e ela nem se dava conta deste fato. O que será que pensava neste seu caminhar ? 
            O destino resolveu me ajudar, ou sei lá. Numa ida pra algum lugar que eu desconhecia, fazer o que eu não sabia e bem no meio de sua correria, a Rosto do desejo deixou cair do meio de sua pasta e bolsa um papel, uma anotação, um pequeno poema. E ao lê-lo meus pensamentos sobre ela começaram não a mudar, mas a se ampliar. Era muito mais do que eu pudera entender.
              E ele dizia assim :
             
             " Aos amante não cabe o sol. Apenas a chuva
              Para na matéria o fogo da paixão abrandar
              Para da alma os pecados lavar 

              Não se enganes pensando que meu pecado foi te querer .
              Não, ele foi maior ....
              Foi não ter o sabor que te fizesse enlouquecer   "    

              Embaixo desse turbilhão  ainda uma anotação :

 Vanessa da Mata- Você vai me destruir !  - " Pensando em te matar de amor ou de dor eu te espero 
                         Calada                                               
                        Pensei : mais uma peça desse quebra -cabeça. Mulher 
   

6 comentários:

C & I disse...

Aiai toda vez que venho aqui sispiru fundo rs...primeiro eu queria agradeçer por estar sempre no nosso blog,segundo meus relatorios você é nossa leitora mais frequente vou fazer inclusive um post de agradecimento pra você indicando seu blog ...


segundo dizer..que adoro seu blog,e que vou se você quiser te dra as dicas..pra ele bombar..pq qualidade intelectual ele ja tem rs

Parabens..e aguarde a nossa homenagem

Nossa TOP COMENTARISTA

Jonas Alves

Representando a Equipe do

www.contemporaneoeindiscreto.blogspot.com

Samantha Medeiros disse...

Nossa amei, adorei esse pequeno poema ai em baixo, nossa amei messsmo...
Vim aqui te agradecer pela visita no contemporaneo e indiscreto, espero que tenha gostado de conhecer um pouco de Petrópolis, gostou da calçada de corações ne rsrsrs, que bom...
bjs ate breve, to te seguindo.
entra no meu blog de fotografia.
www.fotografiaeprogresso.blogspot.com

Matheus Rego disse...

Muito bom! Parabéns, sua descrição é bem detalhada e imagética! gostei do blog
abraco

- disse...

ok!vou marcar kkkk
parabéns pelo blog

Alessandra, disse...

É entender o cabelo é um sério problema, não é a toa que algumas pessoas dizem que ele tem a vida própria, noooosssa vc já fez de tudo com ele heim, eu já sou medrosa, no máximo q fiz foram umas mechas ruivas, mas cabelo natural dá menos trabalho, vou pintar só qdo tiver as madeixas brancasssss.....

Texto muito legal...bjs

MOHAN DAS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

"Não me importo com que o outros pensam "
Definitivamente essa frase não combina comigo.
Deixa aqui sua opinião !!!

 
Koisas de Kali - temas blogspot - mario jogos